Fornecedores: saiba como encontrar os melhores parceiros

Fornecedores Saiba Como Encontrar Os Melhores Parceiros 640x360 - Contabilidade digital em São Paulo – SP

Compartilhe nas redes!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Os fornecedores são peças-chave para as empresas, ainda mais quando falamos em e-commerce e Marketplace. Se os produtos vendidos pela marca não são produzidos pela mesma, ela precisa conseguir esses recursos, e nem sempre ir direto na fábrica é uma boa ideia.

No mercado moderno, existem muitos fornecedores de produtos, desde nacionais até importados. Dessa forma, a grande oferta de empresas dessa natureza pode dificultar uma escolha adequada, tendo em vista o trabalho extra de seleção.

Neste conteúdo, vamos abordar a fundo tudo sobre fornecedores. Além disso, apresentaremos algumas dicas valiosas sobre o assunto. Confira!

O que são os fornecedores de uma empresa?

Podemos simplificar a dinâmica de mercado em apenas 4 atores: os que produzem os bens, os que conectam produtores e vendedores, os vendedores de bens e, por fim, os consumidores do que foi produzido. Nesse modelo simplista, os fornecedores são os conectores entre os produtores e vendedores de bens.

Cada fornecedor tem suas particularidades. Alguns deles, por exemplo, contam com uma ótima logística; outros já apostam em estratégias de diversificação; tem aqueles que se especializam em produtos importados também.

Então, podemos dizer que os fornecedores são as empresas – ou pessoas físicas – que abastecem os estoques das empresas.

Qual a importância dos fornecedores para uma empresa?

Não existe empresa no mercado que não precise vender. Com isso em mente, os fornecedores fornecem os itens que serão vendidos que, fazendo um paralelo com o corpo humano, seriam como o sangue para nosso organismo.

Mas os fornecedores não são o único fator importante dessa equação: a gestão de estoque também deve ser levada à sério na empresa; falta ou excesso de produtos são péssimos para os negócios, tendo a capacidade de criar dívidas complexas.

Uma coisa é certa: bons fornecedores e uma ótima gestão de estoque são a chave para o sucesso!

Quais são os tipos de fornecedores?

Como foi mencionado anteriormente, existem vários tipos de fornecedores, cada um com sua estratégia e inovação únicas. Só para exemplificar, os fornecedores de roupas direto da fábrica estão cada dia em maior número no mercado, principalmente quando falamos em roupas econômicas.

Fora isso, existem outros tipos que você pode explorar. Nas próximas seções, vamos comentar sobre os principais.

Fornecedores de produtos para revenda

A revenda é uma área em plena ascensão, ainda mais quando pensamos nos efeitos da crise sanitária, que acarretou milhões de desempregados. Dentre os mais comuns temos os fornecedores de roupas para revenda.

Em resumo, esses fornecedores visam um alto volume de vendas para revendedores, mas há fornecedores que estão capilarizando suas vendas: ao invés de vender 100 peças iguais para um mesmo cliente, vendem 10 peças iguais para 10 clientes diferentes.

O número de fornecedores para revenda tende a crescer consistentemente nos próximos anos.

Fornecedores dropshipping

O dropshipping se tornou bastante popular por causa da disseminação do marketing digital. Hoje, existem milhares de fornecedores dropshipping nacional que trabalham com essa estratégia.

Em resumo, o dropshipping consiste em vender itens que não estão sob a posse do vendedor. Ou seja, todo o processo logístico é feito por outra empresa, e o vendedor só se preocupa com o branding de sua marca e o volume de vendas.

Nessa modalidade, o vendedor recebe uma porcentagem por venda, estipulada com a empresa detentora dos bens.

Fornecedores por atacado

Sem dúvidas, os fornecedores por atacado estão bastante presentes no mercado nacional. A principal característica dessas empresas é o volume de vendas – e os preços baixos.

Só para exemplificar, fornecedores de maquiagem por atacado só vendem caixas fechadas com grandes volumes de produtos. Ou seja, não se pode comprar um ou dois itens: é preciso levar algo em torno de 100.

Esses fornecedores são perigosos para pequenas empresas, cuja rotatividade de estoque não é muito alta.

Fornecedores monopolistas

Para encerrar os tipos de fornecedores, gostaríamos de comentar sobre os monopolistas que, embora não sejam muito conhecidos, têm um papel importante no mercado atual.

Em geral, podemos ver alguns fornecedores de roupas femininas se enquadrando nessa categoria. Os monopolistas vendem produtos exclusivos, muitas vezes com preço fixo e pouca flexibilização nas negociações.

Por atuarem com uma seleção menor de produtos, podem ser um diferencial para sua empresa, uma forma de se destacar de seus concorrentes de mercado – inclusive do mesmo nicho.

Como encontrar os melhores fornecedores?

Agora que já falamos bastante da importância e dos tipos de fornecedores, vamos nos voltar a um tema muito importante: como encontrá-los no mercado.

A verdade é que, embora haja milhares deles por aí, nem todos vão dar certo com o modelo de negócio da sua empresa. Por isso uma busca minuciosa é necessária, assim como comparações e muita negociação.

Neste tópico, vamos apresentar ótimas dicas para ter sucesso nessa empreitada.

Saiba do que você precisa

Parece uma dica óbvia, não é verdade? Mas saber com exatidão do que você precisa é bastante importante. Se você trabalha com e-commerce, deve ter alguma noção de como escolher os produtos para vender online, mas só isso não basta.

Encontrar um bom fornecedor significa casar suas necessidades com a capacidade de fornecimento dele. Então, não basta saber quais produtos você vende, mas também a quantidade, frequência e rotatividade de estoque devem ser conhecidas.

Ao definir exatamente do que você precisa, ficará mais fácil escolher fornecedores que se adequem à sua realidade.

Faça uma pesquisa com bastante calma

Na era da informação, é preciso ter calma na hora de garimpar fornecedores. Afinal, você pode encontrar um fornecedor na primeira busca no Google, mas isso não significa que é o certo para você.

É válido seguir um método de seleção como o que segue: criar uma planilha com os possíveis candidatos; entrar em contato com todos eles para obter informações relevantes, como distância até você, preços e assim por diante; averiguar a qualidade dos produtos ofertados.

Ao término desse processo, sem dúvidas você terá ótimas opções de fornecedores para fazer negócios.

Varie as palavras-chave no Google

O Google é uma ferramenta poderosa, mas é preciso usá-lo com sabedoria. Você sabia que ele retorna uma busca para cada termo-chave que você coloca na barra de busca? É por isso que procurar fornecedores requer mudança de palavras-chave.

Vamos tomar como exemplo os fornecedores de perfumes. Você pode tentar esses termos-chave no Google:

  • Fornecedor de perfumes.
  • Fornecedor de perfumes Brasil.
  • Distribuidor de perfumes.
  • Importador de perfumes.

Então, seja bastante criativo na hora de procurar por fornecedores. É assim que se consegue ótimos resultados.

Aproveite os eventos de seu nicho

Existem diversos eventos acontecendo a todo o momento na internet, tanto nacionais quanto internacionais. Isso significa que milhares de pessoas de seu nicho estão reunidas em um local, prontas para serem contactadas.

Os eventos de nicho reúnem fornecedores, especialistas do assunto, empreendedores e muito mais pessoas interessantes. Dessa forma, é o ambiente perfeito para conquistar novas parcerias, assim como prospectar fornecedores de qualidade.

Ficar por dentro desses eventos pode render ótimos frutos.

Procure em sua cidade

Essa é uma dica de muita importância: a maioria das empresas simplesmente ignora a cidade sede, procurando por fornecedores distantes, muitas vezes de outros estados.

Além de aumentar os custos logísticos, esse erro dificulta as negociações face-a-face, muito apreciadas entre os CEOs.

Antes de sair em busca de fornecedores longínquos, faça uma análise de sua própria cidade. Mesmo sendo de pequeno porte, nada impede de ter um fornecedor ou outro instalado nela.

Analise a capacidade de fornecimento dos pretendentes

Este é um ponto importante: cada fornecedor, a depender de sua maturidade no mercado, têm um limite de capacidade de fornecimento específico. Portanto, alguns podem te ajudar a crescer muito, já outros se tornam um peso para seu negócio.

Como foi dito anteriormente, o ideal é casar suas necessidades com as capacidades dos fornecedores. Se isso não for feito, não haverá harmonia: ou sua empresa vai comprar demais, ou vai comprar de menos.

Estude formas de pagamentos e preços

As formas de pagamentos são um dos elementos que mais pesam para as empresas. Via de regra, os boletos bancários costumam dominar no mercado, graças à sua flexibilidade, já que permite pagar após seu vencimento – com multa, é claro.

A maioria dos fornecedores só aceita dinheiro vivo ou Pix. Isso é muito ruim para as empresas, dado que o caixa fica vazio, dificultando lidar com as oscilações naturais do mercado.

Além disso, o preço de cada produto faz muita diferença. Um pequeno desconto, suponhamos R$ 1, se torna uma grande quantia após algum tempo. De fato, 10.000 unidades com um desconto de R$ 1 significa dizer que houve uma economia de R$ 10.000.

Tenha mais de um fornecedor

Nossa última dica é: sempre trabalhe com mais de um fornecedor. O motivo disso é simples: em caso de um faltar com suas obrigações, vai haver sempre outros para recorrer, diminuindo os custos de oportunidade.

Já imaginou faltar produtos em épocas festivas, como próximo ao natal ou dia das mães? Esse é o pesadelo de qualquer varejista, que pode facilmente ser contornado quando sua empresa trabalha com vários distribuidores.

3 sites para achar fornecedores

Uma forma bastante eficiente de encontrar fornecedores é através do próprio Google. Todavia, alguns nichos podem ser mais difíceis que outros, quando o assunto é fornecedor; nessas situações, vale a pena recorrer a alguns sites de vendas online.

Nesta seção, vamos recomendar 3 sites. Confira:

Mercado Livre

Mercado Livre é líder em vendas pela internet, mas poucas pessoas sabem de sua capacidade de conectar empresas e fornecedores.

Devido à competitividade do mercado, alguns fornecedores e fábricas lançaram lojas no Mercado Livre visando mais vendas. Ou seja, ao procurar pelos produtos de seu nicho, é possível encontrar alguns deles por lá ao averiguar os vendedores dos produtos.

Embora seja um método trabalhoso, essa estratégia funciona muito bem.

Shopee

Shopee é uma plataforma de vendas que vem dominando o mercado. Com preços agressivos e cupons chamativos, poucos consumidores resistem às ofertas.

Como essa plataforma faz isso? Em sua maioria, os vendedores são fábricas e fornecedores que querem vender mais itens. É por isso que boa parte dos produtos tem o mesmo valor que no atacado.

Aliás, você pode importar produtos de outros países por lá. Embora muitos fabricantes sejam da China, há vendedores da Europa e demais partes do mundo, praticando preços muito abaixo do varejo.

Sebrae

Sebrae é uma instituição que visa dar suporte aos empreendedores do Brasil. Ou seja, eles disponibilizam diversos recursos para quem quer empreender ou já está empreendendo, sendo um desses recursos uma lista de fornecedores brasileiros.

Atualmente a lista possui quase 1.500 fornecedores, podendo ser um ótimo ponto de partida para encontrar bons parceiros.

Vale notar que ela oferece recursos de filtro, onde a mais interessante das opções é a de filtrar por estado brasileiro.

Gestão de fornecedores: qual a melhor estratégia?

A gestão de fornecedores diz respeito à capacidade de coordenar, de forma harmoniosa, as compras de sua empresa. Ou seja, significa comprar uma boa seleção de produtos, a preços baixos e em quantidades que satisfaçam suas necessidades.

Um dos pontos principais da gestão de fornecedores é tangente à estocagem: os gastos com estoque são perigosos, como mencionamos anteriormente. Se sua empresa comprar muito, sobram produtos nas prateleiras; se comprar pouco, precisa arcar com o custo de oportunidade – valor que receberia se tivesse mais produtos em estoque.

A melhor forma de fazer uma gestão de fornecedores é ter bastante informação de seu negócio, principalmente por meio de dados, de modo a selecionar as melhores distribuidoras para seu caso.

Conclusão

O Google é seu melhor amigo na hora de encontrar fornecedores, mas ele só é realmente útil quando você sabe de suas necessidades. Além disso, é comum encontrar distribuidores e fábricas em plataformas de vendas, como a Shopee e o Mercado Livre, valendo a pena procurar um pouco por lá também.

Busque balancear suas compras com suas demandas. Manter um estoque enxuto, mas sem faltas, é o ideal para qualquer negócio.

Acesse mais conteúdos em: Blog Vance Contábil

 

Fonte

 

 

Classifique nosso post post

Fique por dentro de tudo e não perca nada!

Preencha seu e-mail e receba na integra os próximos posts e conteúdos!

Compartilhe nas redes:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja também

Posts Relacionados

Análise Swot Ou Análise Fofa - Contabilidade digital em São Paulo – SP

Análise SWOT ou Análise FOFA: o que é e como fazer

Um dos clássicos da administração estratégica, a análise SWOT ou análise FOFA, é um conceito importante para as empresas enxergarem as áreas do negócio de uma maneira que ajude nas ações e estratégias. Uma estratégia que auxilia o empreendedor em uma

Guia Para Fazer Planejamento Estrategico - Contabilidade digital em São Paulo – SP

Guia para fazer planejamento estratégico

O planejamento estratégico de uma empresa é um dos pontos mais importantes para quem deseja ter sucesso no seu negócio. Afinal, é nesta etapa que serão definidos os principais objetivos da organização e os possíveis caminhos para atingi-los da maneira

Fornecedores Saiba Como Encontrar Os Melhores Parceiros 640x360 - Contabilidade digital em São Paulo – SP

Fornecedores: saiba como encontrar os melhores parceiros

Os fornecedores são peças-chave para as empresas, ainda mais quando falamos em e-commerce e Marketplace. Se os produtos vendidos pela marca não são produzidos pela mesma, ela precisa conseguir esses recursos, e nem sempre ir direto na fábrica é uma boa

Precisa de uma contabilidade que entende do seu negócio ?

Encontrou! clique no botão abaixo e fale conosco!

Recomendado só para você
O Mercado Livre divulgou recentemente as atualizações de políticas e custos, que…
Cresta Posts Box by CP
Back To Top

Área do Cliente





Esqueci minha senha