O que é DRE? Qual a sua importância?

3661724 Notícias E Artigos Contábeis Na Zona Leste Sp | Vance Contábil - Contabilidade digital em São Paulo – SP

Compartilhe nas redes!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

DRE muito provavelmente você já se deparou com esta famosa e muito falada sigla.

Mas afinal, o que ela significa?

DRE ou Demonstrativo de Resultado do Exercício é um instrumento bastante utilizado por muitas empresas para alavancar seus resultados.

Então, se você pretende profissionalizar a gestão do seu negócio e está em busca de ferramentas e técnicas para isso o DRE pode te ajudar.

Esta ferramenta que permite a análise da situação financeira, beneficiando empreendedores que buscam excelência na gestão do seu negócio.

Com o DRE, líderes e gestores de diferentes níveis podem ter a ciência concreta acerca do lucro ou do prejuízo da empresa e, consequentemente, agir de forma a reverter os cenários negativos.

O DRE também favorece a realização de um planejamento estratégico e oferece um bom panorama para eventuais investidores que estejam interessados em sua empresa.

A ideia não é que depois de ler este conteúdo você “fique íntimo” do DRE mas, pelo menos você vai poder falar que não conhece só de nome.

1-O que é o DRE?

Como explicamos, o DRE nada mais é do que uma ferramenta corporativa.

Trata-se de um relatório que resume a situação financeira da empresa a partir das atividades operacionais e não operacionais dentro de um intervalo de tempo.

Ele oferece ao empreendedor um cenário claro sobre o negócio, demonstrando se existe, afinal, o lucro ou o prejuízo.

Em regra esse relatório deve ser elaborado anualmente, por uma exigência da legislação.

No entanto, muitos administradores e gestores têm o DRE como uma ferramenta bastante útil para o dia a dia e acabam solicitando a seus contadores o relatório mensalmente, para que sirva de embasamento para as diversas decisões que são demandadas dentro da empresa.

Os dados do DRE acabam facilitando a avaliação geral do desempenho da empresa e permitem que gestores de diferentes setores tenham informações detalhadas sobre os resultados da organização.

Consequentemente, eles podem atuar de forma mais integrada e coordenada em benefício da empresa.

2-Qual a importância do DRE?

Juntamente com o Balanço Patrimonial e o Demonstrativo de Fluxo de Caixa, o DRE é um dos relatórios mais importantes para a gestão do negócio.

Dessa forma, esses três documentos  podem possibilitar uma avaliação completa acerca da saúde financeira do seu negócio e permite que você faça projetos e planos para a sua empresa.

O DRE, especificamente, reflete a capacidade de geração de riqueza do negócio, fazendo com que a administração tenha elementos para saber o que será preciso mudar ou o que poderá se manter, já que esta gerando bons resultados para a empresa.

Por se tratar de um relatório bastante detalhado, mas ao mesmo tempo muito intuitivo, o gestor conta com bons elementos para o seu processo de tomada de decisões, envolvendo desde a realização do planejamento tributário da empresa até o estratégico dos negócios.

O DRE acaba sendo um elemento de simulação de panoramas que facilitam a ação do gestor no futuro.

3-Indicadores de resultado

O DRE também é uma boa fonte de dados para a elaboração de KPIs e possibilita que toda empresa realize uma gestão dos seus negócios por meio de indicadores de desempenho.

Dentre eles, destaca-se o Retorno sobre o Patrimônio Líquido, que demonstra, por exemplo, quantos dos investimentos dos sócios proporcionaram lucros.

Outro indicador valido é o Retorno sobre Ativos, que indica se os investimentos aplicados ao negócio vêm gerando aumento da rentabilidade.

Também, o Retorno sobre as Vendas pode ser mensurado pela Margem Líquida, que reflete qual o percentual do faturamento que passou a integrar o lucro líquido.

Esse são apenas alguns dos indicadores que podem ser extraídos a partir da análise do DRE.

4-Ponto de Equilíbrio

Por fim, o DRE é de extrema importância, pois ajuda o gestor a visualizar o ponto de equilíbrio da sua empresa, ou seja, um ponto onde existe a igualdade financeira entre as despesas e as receitas totais em um mesmo período.

Isso faz com que o ele saiba qual deve ser seu faturamento mínimo mensal para cobrir seus gastos fixos e variáveis, e também qual o número de vendas necessário para que a empresa passe a ter lucro.

5-Estrutura do DRE

Para que os gestores compreendam de que forma o lucro líquido da companhia é composto, é necessário que o DRE seja elaborado de forma lógica e sequencial.

exemplo DRE

O DRE é elaborado a partir de todas as informações financeiras da empresa, envolvendo as receitas, seus custos ou despesas.

Então, todos os dados gerenciais ou contábeis devem ser incluídos, porém sempre considerando o Regime da Competência, ou seja, o regime que prioriza o evento que se dá na data em que o mesmo ocorreu.

Desta forma, receitas, custos, despesas e outros dados contábeis devem ser incluídos no relatório exatamente na data correta, ou seja, do fato gerador, independentemente do recebimento ou do pagamento.

Em um formato resumido, o DRE seria:

Receita de Vendas

( – ) Custos

( = ) Lucro Bruto( – ) Despesas Operacionais

( = ) Lucro Operacional( +-) Resultado não Operacional

( = ) Lucro Antes de Impostos sobre a Renda( – ) Impostos

( = ) Resultado Líquido ou Lucro ou Prejuízo Líquido

Como o DRE é um relatório gerencial, quem o elabora acaba adequando os dados que são relevantes para a análise.

Independentemente da ordem desses fatores, o DRE deve refletir, de forma fácil, como o lucro é composto ou se há um prejuízo resultante das operações da empresa.

Essas são as informações essenciais ao gestor para que tenha um panorama bem desenhado da situação financeira da empresa.

O que achou do conteúdo? Entendeu o que é DRE e qual sua importância na contabilidade das empresas? 

Caso tenha dúvidas ou queira mais informações entre em contato conosco.

Para ter acesso a mais conteúdos relevantes para a gestão do seu negócio acesse nosso blog ou inscreva-se um nosso canal no YouTube.

Até a próxima!

Classifique nosso post post

Fique por dentro de tudo e não perca nada!

Preencha seu e-mail e receba na integra os próximos posts e conteúdos!

Compartilhe nas redes:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja também

Posts Relacionados

Análise Swot Ou Análise Fofa - Contabilidade digital em São Paulo – SP

Análise SWOT ou Análise FOFA: o que é e como fazer

Um dos clássicos da administração estratégica, a análise SWOT ou análise FOFA, é um conceito importante para as empresas enxergarem as áreas do negócio de uma maneira que ajude nas ações e estratégias. Uma estratégia que auxilia o empreendedor em uma

Guia Para Fazer Planejamento Estrategico - Contabilidade digital em São Paulo – SP

Guia para fazer planejamento estratégico

O planejamento estratégico de uma empresa é um dos pontos mais importantes para quem deseja ter sucesso no seu negócio. Afinal, é nesta etapa que serão definidos os principais objetivos da organização e os possíveis caminhos para atingi-los da maneira

Fornecedores Saiba Como Encontrar Os Melhores Parceiros 640x360 - Contabilidade digital em São Paulo – SP

Fornecedores: saiba como encontrar os melhores parceiros

Os fornecedores são peças-chave para as empresas, ainda mais quando falamos em e-commerce e Marketplace. Se os produtos vendidos pela marca não são produzidos pela mesma, ela precisa conseguir esses recursos, e nem sempre ir direto na fábrica é uma boa

Precisa de uma contabilidade que entende do seu negócio ?

Encontrou! clique no botão abaixo e fale conosco!

Recomendado só para você
Fator R, antes do surgimento empresas de prestação de serviços,…
Cresta Posts Box by CP
Back To Top

Área do Cliente





Esqueci minha senha